EstratégiaTransportesTurismo

Fundo do Turismo e Consórcio Eco Visão Cabo Verde assinam contrato para a execução da rede de percursos pedestres na ilha de Santiago

Partilhar artigo
Share on facebook
Facebook
0
Assinatura de contrato de prestação de serviços entre o Fundo do Turismo e o Consorcio Eco Visão Cabo Verde
O Ministério do Turismo e Transportes, através do Fundo de Sustentabilidade Social para Turismo (Fundo do Turismo) e o Consórcio Eco visão Cabo Verde, Lda. assinaram, nesta quinta-feira, 02 de dezembro, um contrato de prestação de serviços, com vista à execução dos trabalhos de uma rede de percursos pedestres que atravesse toda a extensão (norte a sul) da ilha de Santiago, com abrangência a todos os municípios, integrando a identificação do património histórico, etnográfico e natural e as comunidades existentes. Financiado pelo Governo de Cabo Verde, através do Tesouro e consignadas do Fundo do Turismo, no valor de 14.214.000,00 (Catorze milhões, duzentos e catorze mil escudos cabo-verdianos), este projeto enquadra-se na estratégia do Governo da IX Legislatura (2016-2021) cujo objetivo centra na diversificação do produto turístico com especial enfoque no Turismo de Natureza e no âmbito da elaboração do Master Plan que constatou que o turismo de natureza, é de fato, o produto âncora para o desenvolvimento turístico das ilhas montanhosas que apresentam como principal atrativo, o seu relevo e a observação das paisagens que oferecem, cuja atividade atrai um público alvo especifico e possibilita a oferta de atividades como caminhadas por trilhos pedestres. O projeto, considerado estruturante para o desenvolvimento do Turismo de Natureza na ilha de Santiago – Trekking, será desenvolvido com vista a beneficiar a ilha de Santiago e Cabo Verde no geral, numa intervenção que vai permitir melhorar os percursos pedestres do país, depois do levantamento cartográfico, digital, fotográfico e de sinalização física de uma rota principal na ilha de Santiago, bem como a sua divulgação através de um conjunto de comunidades virtuais especializadas sobre caminhadas ( trekking), BTT e trail running. O contrato foi rubricado pelo Gestor do Fundo do Turismo, Engenheiro Manuel Ribeiro, e pelos representantes do Consórcio Eco visão Cabo Verde, Lda, Augusto Rodrigues e José Armando da Fonseca, na presença do Administrador do Instituto do Turismo de Cabo Verde, Francisco Martins, do Coordenador do Gabinete de Desenvolvimento do Turismo, José Soares e de técnicos do Ministério do Turismo e Transportes.
Partilhar artigo
Share on facebook
Facebook
0